Horário de Atendimento: De Segunda a Sexta - 8H às 12H e 14H às 18H
  Contato : +55-83-3063-2272

Lipoaspiração e Lipoescultura

A mais de 30 anos os Cirurgiões Plásticos realizam e aprimoram as técnicas de lipoaspiração tornando-as cada vez mais seguras para a remoção das indesejáveis gorduras localizadas, sejam elas do abdome, mas também das costas, quadris, coxas e joelhos, braços, e pescoço. Este é, atualmente, o procedimento mais realizado por cirurgiões plásticos no Brasil e só perdemos para os Estados Unidos (EUA) em número total de procedimentos. Colocando os cirurgiões plásticos brasileiros membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) entre os mais capacitados para realização segura deste procedimento.

Existe uma certa confusão entre os termos: LIPOASPIRAÇÃO E LIPOESCULTURA. Geralmente são conceituais e pode-se dizer que trata-se de "mesma conduta". A Lipoaspiração é o recurso utilizado para a confecção da Lipoescultura

Segurança em Cirurgia Plástica

Todos os procedimentos cirúrgicos devem ser realizados por médicos formados pela SBCP, em ambiente vistoriado e habilitado pelos órgãos públicos responsáveis! "Nada de lipoaspiração dentro do consultório clínico!" Deverá ser cuidadosamente indicada, respeitando-se os limites previstos em Resolução da SBCP, e principalmente, os limites de cada paciente.

Recomendações pré-operatórias

  1. Comunicar-se com seu cirurgião plástico até 2 dias antes da cirurgia, em caso de gripe, período menstrual, indisposição, etc;
  2. Internar-se no hospital indicado, obedecendo ao horário de internação;
  3. Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito lautas, na véspera da cirurgia;
  4. Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer que eventualmente esteja fazendo uso por um período de 10 dias antes do ato cirúrgico. Isto inclui também certos diuréticos;
  5. Programar suas atividades sociais, domésticas ou escolares, de modo a não se tornar indispensável a terceiros, por um período de aproximadamente 2 a 3 semanas.

Recomendações pós-operatórias

  1. Evitar esforços por 8 dias;
  2. Levantar-se tantas vezes quanto lhe for recomendado por ocasião da alta hospitalar, obedecendo aos períodos de permanência sentada, assim como evitar ao máximo escadas longas;
  3. Não se exponha ao sol ou friagem, por um período mínimo de 1 semana;
  4. Obedecer à prescrição médica;
  5. Voltar ao consultório para os avaliações subseqüentes, nos dias e horários estipulados;
  6. Provavelmente você estará se sentindo tão bem, a ponto de olvidar-se que foi operada recentemente. Cuidado! A euforia poderá levá-lo(a) a um esforço inoportuno, o que determinará certos transtornos;
  7. Não se preocupe com as formas intermediárias nas diversas fases. Tire com o seu cirurgião plástico, e somente com ele, quaisquer dúvidas que possam advir;
  8. Alimentação normal (salvo em casos especiais). Recomendamos alimentação hiperproteica ( carnes, ovos, leite ) assim como o uso de frutas;
  9. Aguarde para fazer sua "dieta ou regime de emagrecimento", após a liberação médica. A antecipação desta conduta por conta própria, poderá determinar conseqüências difíceis a serem sanadas.

Sou bom candidato

Os pacientes que mais se beneficiam das técnicas de lipoaspiração são aqueles com peso próximo do ideal, com pouca flacidez de pele, e portadores de lipodistrofia: famosas gorduras localizadas. Por outro lado, aqueles pacientes com índice de massa corpórea (IMC) entre as faixas de sobrepeso e obesidade ou excesso de pele devem ser cuidadosamente avaliados e orientados sobre o momento correto da realização do procedimento, além de consultas com especialistas: endocrinologista, nutricionista, educadores físicos.

Quantos quilos vou emagrecer com a lipoescultura

"Lipoaspiração não tem por objetivo a perda de peso", porém, sendo uma cirurgia que retira determinada quantidade de gordura, evidentemente haverá uma redução no peso, que varia de acordo com o volume corporal de cada paciente. Não são, entretanto, os "quilos" retirados que definirão o resultado estético, mas sim as proporções que cada área determinada mantenha com o restante do tronco e os membros. Há casos, em que o(a) paciente está com o peso acima do ideal, e necessitam de um equilíbrio prévio, antes da cirurgia, o que nos leva a aconselhar a prosseguir com um tratamento clínico ou fisioterápico prévio. Existem casos em que retira-se gordura de certas áreas e transplanta-se esta gordura em outras regiões que necessitam aumentar seu volume, este é o conceito de Lipoescultura.

A lipoescultura deixa cicatriz muito visível

As cicatrizes resultantes de uma lipoescultura ou lipoaspiração são mínimas. Seu tamanho varia entre 5 a 8 milímetros e são planejadas para ficarem escondidas.

Em quanto tempo atingirei o resultado definitivo

Nas primeiras semanas ou mesmo meses, essas áreas além de estar sujeitas a períodos de "inchaços", poderão apresentar alguns pontos mais densos que outros. Durante a segunda semana iniciam-se técnicas de drenagem linfática com especialista: fisioterapeuta dermato funcional. Com o decorrer dos dias, tendo-se realizado as devidas drenagens linfáticas e os exercícios orientados para modelagem, vai-se gradativamente atingindo o resultado definitivo. Nunca se deve considerar como definitivo qualquer resultado, antes de 6 a 9 meses do pós-operatório

A lipoaspiração corrige aquele excesso de gordura sobre a região do estômago

Geralmente sim. Dependendo do seu tipo de tronco (conjunto tórax + abdome), poderemos ter um resultado bastante natural . Também tem grande importância, sob este aspecto, a espessura do panículo adiposo (espessura da gordura) que reveste o corpo.

Qual o tipo de cinta que poderei usar, após a cirurgia

As cintas e placas de compressão e modelagem pós-operatórias serão indicadas conforme a área trabalhada e a avaliação do cirurgião plástico

Poderei ter filhos futuramente e o resultado não ficará prejudicado

O resultado poderá ser preservado, desde que na nova gestação seu peso seja "controlado" por especialista. Se você voltar ao seu peso anterior e sua pele não apresentar flacidez e estrias decorrentes da gravidez, as formas obtidas serão mantidas. Devemos salientar, entretanto, que o corpo da mulher sofre variações da forma com as variações hormonais próprias da gestação e, principalmente, o decorrer do tempo, devido à disposição da gordura nas diversas áreas corporais, principalmente no abdome, quadris e coxas.

O pós-operatório da lipoaspiração é muito doloroso

Não. Uma lipoaspiração ou lipoescultura de evolução normal "não" deve apresentar dor, desde que obedecidas as orientações pós-operatórias. Eventuais incômodos são resolvidos com a utilização de analgésicos e anti-inflamatórios

Há perigo nesta operação

Raramente a lipoaspiração traz sérias complicações, desde que realizada dentro de critérios técnicos. Isto se deve ao fato de se preparar convenientemente cada paciente para o ato operatório, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia simultaneamente a outras. O perigo não é maior nem menor que qualquer outra cirurgia eletiva, ou mesmo uma viagem de avião ou de automóvel, e até o simples atravessar de uma rua. Entretanto, é importante levar em conta, que grandes volumes retirados poderão determinar riscos, tanto no ato operatório quanto no pós-operatório. É consenso, na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que o volume total de gordura a ser retirado por sessão, não ultrapasse a 5 a 7% do peso corporal. Seu cirurgião deverá lhe esclarecer detalhadamente sobre o volume ideal para o seu caso.

Que tipo de anestesia é utilizada para esta operação

Anestesia geral, peri-dural ou local assistida. Sempre com especialista da Sociedade Brasileira de Anestesiologia (SBA). Apesar de ser claramente "obvio", o anestesista realiza a "anestesia" e o cirurgião plástico realiza a lipoaspiração, nunca o contrário como vemos nos acidentes técnicos pela "ausencia" de anestesista para a "anestesia".

Quanto tempo dura o ato cirúrgico

Dependendo da extensão das áreas a serem tratadas, o tempo varia de 1 a 3 horas, podendo ser ultrapassado em alguns casos de associação como por exemplo: implantes de mama.

Qual o período de internação

Dependendo da extensão da área aspirada e do tipo de anestesia ( local com sedação, peridural , geral ) o período de internação poderá variar de algumas horas até 1 dia.

São utilizados curativos

Sim. Curativos semi-compressivos com cintas especiais, mantidos por um período de 30 a 45 dias, em média.

Quando são retirados os pontos

Não haverão pontos externos para serem removidos, as suturas são absorvíveis e o acesso fechado por "cola cirúrgica" permitindo banho completo no mesmo dia do procedimento.

Fale conosco agora